domingo, 29 de novembro de 2009

Mário Quintana-




PEQUENO ESCLARECIMENTO



Os poetas não são azuis nem nada, como pensam alguns supersticiosos, nem sujeitos a ataques súbitos de levitação. O de que eles mais gostam é estar em silêncio - um silêncio que subjaz a quaisquer escapes motorísticos e declamatórios. Um silêncio... Este impoluível silêncio em que escrevo e em que tu me lês.



Mario Quintana - A vaca e o hipogrifo


Trabalho de Antônio Melos. do litoral Paulista


                                                                        antonio melos
                                           Belíssimo trabalho,como sempre.

sábado, 28 de novembro de 2009

Encontro com Milton Santos

Um excelente documentário sobre este brasileiro tão pouco conhecido por nós.Professor Milton Santos .Ou Doutor Milton Santos, pelas melhores universidades do mundo. O filme trata,duma maneira clara e direta,de problemas atuais em linguagem simples e didática, como era o entrevistado . Dirigido pelo sempre competente Silvio Tendler. Para quem quer entender um pouco melhor o Brasil e o mundo atual. Dificil de achar! Deveria ser exibido nas escolas obrigatóriamente .

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Tainha - Acrílico sobre tela

1m18 x 0m72 dilamarsantos

Rapazes- Acrílico sobre tela.

0m75 x 0m66 dilamarsantos

segunda-feira, 23 de novembro de 2009



Olhaí uma bela oportunidade de mostrar seu trabalho!

I Mostra Juliette de Cinema


-- 1 noite, 2 sessões, 9 prêmios --



No dia 12 de dezembro, às 18h, na Cinemateca de Curitiba, acontecerá a I Mostra Juliette de Cinema, com organização de Josiane Orvatich e Murilo Wesolowicz, editora e produtor de arte, respectivamente, de Juliette Revista de Cinema.



Serão exibidos e receberão os prêmios, na mesma noite, os filmes selecionados.



Podem ser inscritos curtas—metragens brasileiros (até 20 min), com ano de produção 2008—2009, de qualquer gênero e formato de captação. Veja regulamento no site www.julietteeditora.com.br para enviar seu filme.



A comissão julgadora será formada por Ana Lesnovski, editora, Mestre em Comunicação e Linguagens pela Universidade Tuiuti do Paraná, Mariana Sanchez, especialista em cinema e apresentadora do programa “Orelha do Livro”, na rádio Lumen FM—Curitiba, e Monica Rischbieter, cineasta, que concederá aos ganhadores, o Prêmio Pauline Kael, uma homenagem à crítica de cinema estadunidense.



As categorias de premiação são: Melhor Filme, Melhor Cena, Melhor Atuação, Melhor Frame/ Quadro, Melhor Corte, Melhor Diálogo, Melhor Objeto de Cena, Melhor Cenário e Melhor Trilha Sonora.



As inscrições vão até 30 de novembro.



Os selecionados e a programação completa serão divulgados no dia 08 de dezembro.



Serviço:

I Mostra Juliette de Cinema

Data: 12 de dezembro de 2009, a partir das 18h

Local: Cinemateca de Curitiba

Inscrições até: 30 de novembro de 2009



www.julietteeditora.com.br
revista@julietteeditora.com.br

(41) 3252-8554
Curitiba
PR




Revista Juliette mes de novembro-Bela capa.

  Revista Juliette do mes de novembro. Criada por Josiane Orvatich e Murilo Wesolowicz,
Trata de cinema e afins como nenhuma outra revista do gênero no Brasil.Qualidade feita por gente do ramo!

domingo, 22 de novembro de 2009

Fotopoema do fotógrafo Rudi Bodanese



Acrílico sobre chapa de madeira


 
1m40 x 1m00   dilamarsantos                                                              

Dica de cinema.



Desta vez não foi Nova Yorque nem Paris.Uma imensa nave alienígena paira sobre joahnesburg.Algo aconteceu com sua tripulação de milhares de seres.Durante vinte anos fica parada,estática nos céus,por sobre a cidade.Seus ocupantes,socorridos por humanos,pouco a pouco são confinados em um bairro-Distrito 9-e começam a reviver uma história que já conhecemos bem e os sul-africanos viveram na pele.
Produção Neo-Zelandesa e Sul-africana.dirigido por Neill  Blomkamp.Será dificil ver no nosso circuito brasileiro de cinemas.Dei sorte.

Desenho rápido.

                              Acrilico sobre tela 1m03x0m80   dilamarsantos

Trecho entrevista Hugh Heffner-Fundador da revista Payboy


.Nasci em l926 e cresci durante a depressão.Quando olhava para a era do Jazz,para os anos 20,pensava na festa que perdi.Mas aí veio a revolução sexual,que chegou a um fim repentino nos anos 80 com a direita cristã no poder e o governo Reagan.Vivemos num tempo incrívelmente sofisticado mas lidamos com selvagens supersticiosos.Este governo atual não é diferente.Nãose esqueça.Os EUA foram fundados por puritanos que vieram da Inglaterra para escapar da perseguição religiosa e,ao chegar,iniciaram eles próprios a perseguir aqueles com quem não concordavam.Esta atitude esquizofrênica é tipicamente norte-americana.É quem somos.Sou descendente direto de William Bradford,que chegou no Mayflower,o primeiro navio dos puritanos.Meus pais eram puritanos. Criei a Playboy e levei toda a minha vida para responder a esta repressão.                 


sábado, 21 de novembro de 2009

Vinheta

                                                  Ame-se o que é ,como nós,
                                                    efêmero.Todo o universo
                                                    poderia chamar-se:Gérbera.
                                                    Tudo,como a flor,pulsa.

                                                    e arde,e apodrece.Sei,
                                                    repito ensinamento já sabido
                                                    e lições não dizem mais
                                                    que margaridas e junquilhos.

                                                     Lições,há quem diga,
                                                     são inúteis,por mais belas.
                                                     Melhor,porém,acrescento,
                                                     se azuis,vermelhas,amarelas.

                                                                                 Eucanaã Ferraz

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Colorido - máscaras

Acrilico sobre tela. lm30 x 0m90 dilamarsantos



                       'De todos os homens que conheço o mais sensato é o meu alfaiate.

                       Cada vez que vou a ele, toma novamente as minhas medidas.

                      Quanto aos outros, tomam a medida apenas uma vez e pensam que seu julgamento é sempre do meu tamanho'




                                                                                                     George Bernard Shaw

domingo, 15 de novembro de 2009

sábado, 14 de novembro de 2009

Peixes

Acrilico sobre tela. lm40 x 1m1 dilamarsantos
 
Real Time Web Analytics